Notícias

Tech

Robots para apanha de framboesa estão ao serviço em Portugal

24/07/2022

Os robots da Fieldwork Robotics, uma spin-out da Universidade de Plymouth, em Inglaterra, estão a trabalhar com sucesso de forma autónoma. Dada a fragilidade deste tipo de fruta, foram aplicados exigentes controlos de qualidade que vieram a demonstrar ser esta semelhante à da fruta recolhida por humanos. A empresa desenvolveu dois sistemas: um robot de apanha vertical que pode ser ajustado em função da altura das plantas; e uma plataforma horizontal que pode ser utilizada em múltiplos ambientes agrícolas e avançar através de filas de culturas para fazer a colheita sem supervisão humana.

Os sistemas utilizam uma combinação de câmaras 3D, sensores e algoritmos de aprendizagem (inteligência artificial) para identificar se uma fruta está suficientemente madura para ser colhida. Os quatro braços de apanha do robot movem-se então em direção ao fruto e aplicam pressão na planta, em vez de na baga em si. Isto assegura que as framboesas, ou outro fruto similar como morangos ou amoras, não são danificadas.

Os dois robots estão ainda em fase de protótipo e foram postos ao serviço da Summer Berry Company em regime de aluguer. A Fieldwork Robotics está a trabalhar para acelerar ainda mais o processo de colheita de modo que cada robot possa colher 2 kg de fruta por hora. A empresa também está focada na redução dos custos de produção, sendo de esperar que em breve os mesmos possam ser “cortados” em aproximadamente 20%. Um acordo recentemente assinado entre a Fieldwork Robotics e a multinacional Bosch também prevê o acelerar do processo de desenvolvimento da tecnologia de robótica aplicada à colheita de frutos e vegetais mais frágeis, incluindo tomate e couve-flor, por exemplo.

Pesquisa

Vídeos mais vistos