Notícias

Empresas

Encontro de Concessionários Branson

16/05/2022

Quem chega à Quinta do Encontro pela primeira vez sem ter feito o “trabalho de casa”, não saberá que esta se trata de uma das únicas adegas do país premiada pelo seu design inovador. Foi este o espaço escolhido pelos responsáveis do Entreposto Máquinas para a realização do primeiro Encontro de Concessionários Branson Tractors em Portugal. Presentes estiveram a quase totalidade dos 26 concessionários Branson, bem como a equipa do Entreposto Máquinas que aproveitou a oportunidade para comunicar objetivos e apresentar as novidades de produto para 2022.

Logística condiciona objetivos
Coube a Nuno Santos, diretor comercial do Entreposto Máquinas, abrir a sessão. Após uma breve apresentação da equipa, o engenheiro de formação rapidamente passou a traçar um cenário do mercado português. Num mercado que está acima das 5000 unidades desde 2016, mais de 3000 são abarcadas pela gama da Branson: dos 20 ao 80 cv de potência. E, se nas potências mais baixas lideram os concelhos do litoral, com destaque para Aveiro – recordista de vendas Branson no ano passado - , no escalão a partir dos 60 cv ganham preponderância concelhos do interior, tal como Viseu ou Bragança. Assim, a venda da totalidade dos tratores encomendados em 2021 (108), não surpreende e até peca por escassa: a interrupção da cadeia logística condicionou a chegada de tratores ao nosso país. Assim, prevemos que a situação se mantenha de forma semelhante, com os prazos de encomenda muito atrasados, preços indicativos e apenas confirmados aquando da chegada do trator, o objetivo será “aumentar as vendas para 125 unidades e uma quota de mercado de 2,2%”, anunciou o responsável, referindo ainda que “2022 e 2023 devem continuar a ser marcados pela escassez de tratores”.

Entra a Série 05, saem o 2900 e o 3100
A cargo de Carlos Domingues, responsável pela Divisão Agrícola do Entreposto Máquinas, esteve a apresentação da gama de tratores Branson que os concessionários terão à sua disposição em 2022. E as novidades tiveram um sabor agridoce: se a nova Série 05, foi bem recebida pela rede de distribuição, o “adeus” aos modelos 2900 e 3100 foi mais “custoso” (a passagem à Stage V e a necessidade de inclusão de filtro de partículas fez com que estes modelos deixassem de ser sustentáveis para quase todos os fabricantes de tratores).

 

-ler-mais-

Pesquisa

Vídeos mais vistos