Notícias

Tecnologia

Robot CEOL vai utilizar sistema de laser para matar as infestantes

30/04/2021

 

O robot de campo CEOL, que está a ser desenvolvido pela empresa francesa Agreenculture, vai integrar um sistema de laser que, agregado a um equipamento de Inteligência Artificial e visão inteligente, permitirá eliminar infestantes ainda num estágio inicial nas condições de solo mais difíceis. O WeLaser é um projecto financiado pela União Europeia, que visa a utilização de um sistema de laser no trator autónomo para eliminar as infestantes do terreno com grande eficácia. 

Pablo González de Santos, membro da equipa que desenvolve o robot - pertencente ao Centro de Automação e Robótica, um centro conjunto do Conselho Nacional de Pesquisa da Espanha (CSIC) e da Universidade Politécnica de Madrid (CAR-CSIC-UPM) -, coordena o projecto e explicou o objectivo do mesmo. "Esse sistema é composto por uma fonte de laser de alto desempenho, basicamente uma extensão das utilizadas na área médica. O raio laser gerado é focado nos meristemas da planta [infestante] por tempo suficiente para queimá-las e, em pouco tempo, também eliminá-las dessa maneira. Será desenvolvido um scanner de precisão para que o feixe de laser acerte os meristemas. As posições dos meristemas serão então determinadas com a ajuda de um sistema de visão inteligente. Este sistema tira fotos da cultura e com o uso de técnicas de inteligência artificial, ele irá identificar as plantas cultivadas a partir das infestantes reais e, finalmente, a posição do meristema de cada infestante usando métodos de inteligência artificial", afirmou ao site Innovation Origins. 

Ainda segundo González de Santos, o robot "pode ser adaptado para operar em qualquer cultura mas este projeto WeLASER será inicialmente aplicado ao cultivo do milho, trigo e beterraba sacarina", sendo que o sistema inovador permitirá identificar e irradiar pelo menos 90% das infestantes e dos meristemas, mostrando a máquina uma eficácia global de 65,61%.

O sistema híbrido do trator permite-lhe reduzir o consumo de combustível (diesel) entre 3 a 5 vezes o que é praticado por um trator convencional e, por ser equipado com esteiras, o CEOL consegue manter a superfície do solo, evitando ainda os sulcos. Nos próximos três anos, o robot de campo será movido a diesel e desenvolverá o hardware e software, seguindo-se depois a 2ª fase do projecto: transformar a máquina para 100% elétrica, de forma a que depois seja comercializada. 

Pesquisa

Vídeos mais vistos