Notícias

Teste em campo

Primeiro contacto com o Deutz Fahr 5115 DF TTV ActiveSteer

17/12/2019

As condições na Quinta do Gradil

É para nós uma casa conhecida. Situada junto a Vilar, no Cadaval, esta exploração tem as condições ideais para se experimentar um especializado. Ao progredimos nas parcelas de vinha encontramos diferentes condições de trabalho, algumas desafiantes, e a imporem que sejam reajustadas as regulações do trator e da alfaia.

Enfrentar cabeceiras apertadas com uma vala em frente

Em condições de trabalho exigentes, como encontramos em algumas parcelas na Quinta do Gradil, dispor de ferramentas de trabalho sofisticadas faz toda a diferença em termos de segurança, produtividade de trabalho e conforto para o operador. Foi o que verificámos ao utilizar o modo proporcional da direção ActiveSteer, que agiliza e facilita a manobra no final de linhas onde o espaço de viragem é muito curto.

Enfrentar linhas com pendente lateral e solo escorregadio

Este foi outro desafio com que nos deparámos. Depois da chuva, nas filas com inclinação lateral o trator tinha tendência para escorregar, correndo-se o risco de embate nas videiras. Nestas condições, usámos o modo manual da direção ActiveSteer, aplicando um ângulo de viragem fixo nas rodas do eixo traseiro. Esta correção estabilizou o trator na trajetória pretendida, praticamente eliminando o efeito de deslizamento lateral.

Sofisticação no trator e na alfaia
A adaptação a condições de trabalho variáveis está facilitada com este conjunto Deutz-Fahr+Joper. A grade dispõe de ajuste hidráulico da largura de trabalho e de uma funcionalidade basculante, que ao recolher o corpo para cima permite antecipar a saída das linhas.
Do lado do trator, a partir da cabine ajustamos a inclinação dos pendurais, a orientação dos estabilizadores e ainda podemos aplicar uma compensação no eixo traseiro para minimizar a derrapagem quando se trabalha em pendentes.

113 cv fornecidos por um motor FARMotion
O 5115 DF é propulsionado por um bloco FARMotion de 4 cilindros, com 3.849 cm³, que desenvolve 113 cv de potência máxima. Equipa com ventoinha eVisco, que ajusta eletronicamente o regime de funcionamento em função da necessidade de refrigeração. O nível de emissões Fase IIIB é garantido por um sistema compacto EGR+DOC, alojado dentro do capot.

Caixa TTV faz 40 km/h às 1650 rpm
A Deutz-Fahr passa a disponibilizar a variação contínua nos especializados, com todas as vantagens que estão associadas a este tipo de transmissão, designadamente a possibilidade de trabalhar a baixos regimes.
A personalização dos comandos é agora uma possibilidade oferecida ao operador, para maior conforto e produtividade. Como exemplo, o inversor pode ser configurado em três comandos distintos, consoante a preferência.


O ambiente de trabalho é semelhante ao dos modelos TTV convencionais. O apoio de braço MaxCom acomoda a alavanca multifunções e o joystick hidráulico. Os faróis LED verticais estão embutidos na cabine para não embaterem em ramos.  Os faróis LED verticais estão embutidos na cabine para não embaterem em ramos.

 

Estrutura e travagem
Os 5DF podem ser configurados com pneus de 24 ou de 28”. Em termos de travagem, a juntar aos discos banhados a óleo nas 4 rodas, para maior segurança quando imobilizado, este trator inclui ParkBrake, um eficaz e prático travão de estacionamento acionado hidraulicamente.

Posto de condução de segmento superior
A bordo, dispomos do conforto de uma cabine de plataforma plana, com os comandos e a filosofia de funcionamento semelhantes aos modelos convencionais. Inclui um monitor InfoCenter a cores de 5”, para monitorização de consumo, rendimento e outros dados sobre o funcionamento do trator.
A cabine é pressurizada, oferecendo uma proteção de categoria 4 para maior segurança nas operações de tratamento das culturas. Para minimizar as vibrações, assenta em quatro hydro silent-bloks.
Detalhes como os espaços de arrumação, o movimento basculante do módulo de ar condicionado, as tomadas USB para carregar dispositivos, o rádio multimédia ou o ajuste da coluna de direção através de pedal, fazem a diferença. 

Alfaias traseiras, ventrais e frontais
Com um caudal de 100 L/min, a bomba com sensor de carga permite o manuseamento de alfaias combinadas e complexas.  
O controlo de funções faz-se através de um joystick que comporta dois movimentos elétricos e 8 movimentos hidráulicos em simultâneo, existindo ainda uma válvula de retorno livre. Na traseira, todos os distribuidores são eletrónicos.
A funcionalidade Comfortip permite realizar de forma automática sequências de comandos repetitivas. Contribui para minimizar eventuais erros e para otimizar o conforto e a produtividade de trabalho.

Suspensão ActiveDrive de braços independentes
Assente numa arquitetura de braços independentes, esta tecnologia melhora a aderência, otimiza a capacidade de tração e favorece o conforto do operador. Graças a um sistema eletro-hidráulico adaptativo, a suspensão ActiveDrive contribui para estabilidade e segurança acrescidas, tanto em campo como em estrada.

Ferramentas para agricultura de precisão
Na lista de opcionais encontramos a compatibilidade com equipamentos ISOBUS, um monitor de rendimento de 8”, a condução automática AgroSky, e o guiamento na linha com recurso a sensores.

Direção ActiveSteer atua em ambos os eixos

Um inovador sistema de direção permite reduzir o raio de viragem de 4,20 m para apenas 3 m, melhorando a capacidade de manobra. Inédita neste segmento de tratores, a direção ActiveSteer é servida por uma bomba independente de 42 L/min e atua em ambos os eixos.
Comporta diferentes modos de funcionamento:

Duas rodas direcionais
É usado em estrada e acima dos 20 km/h. Apenas as rodas da frente viram.

Proporcional
As rodas de trás viram em sentido oposto às da frente, encurtando o espaço de manobra.

Proporcional com atraso
As rodas de trás só viram após as do eixo dianteiro terem atingido um certo ângulo, para uma alfaia rebocada seguir a mesma trajetória do trator.

Caranguejo
Todas as rodas viram para o mesmo lado, permitindo uma deslocação lateral, útil para manobrar em espaços apertados ou à beira de obstáculos. Permite desencontrar a trajetória das rodas, reduzindo a compactação do solo.

Automático
A direção do eixo traseiro é ativada ou desativada em função de um determinado parâmetro definido através do InfoCenter. Um exemplo típico: o operador define que ao baixar o hidráulico e ao entrar na torna só viram as rodas da frente, e que ao levantar o hidráulico e ao sair da torna, viram também as rodas de trás.

Manual
Permite ajustar isoladamente o ângulo de viragem do eixo traseiro, para minimizar o deslizamento em terrenos com pendente lateral.

Leia artigo completo aqui

 

Pesquisa

Publicidade


Vídeos mais vistos

RECEBA A NOSSA NEWSLETTER
SIGA-NOS
Rua Nelson Pereira Neves, Lj 1 e 2
2670-338 Loures - Portugal
abolsamia@abolsamia.pt
T (+ 351) 219 830 130
abolsamia, 2020 © Todos os direitos reservados | Avisos Legais | Política de privacidade