Notícias

Empresas

Opinião: Valtra, uma história de sucesso

18/06/2018

Parece quase impossível que uma só marca de tratores consiga arrecadar em apenas 3 anos mais de uma dúzia de prestigiados prémios Internacionais da maior relevância. “... como é que isto foi possível?”, podemos todos questionar. Não se trata apenas de uma renovação cosmética pois tal não seria suficiente para obter o reconhecimento massivo dos especialistas do sector.

A resposta vem da transformação que ocorreu na Valtra dentro da empresa e na perspetiva de desenvolvimento da marca, segundo as palavras do CEO e Sénior Vice-presidente Jari
Rautjarvi e teve os seus primeiros resultados práticos com a apresentação Mundial da nova séria T4 em finais de 2014.

Este sucesso deve muito à equipa de extraordinários engenheiros e Designers da Valtra, chefiada pelo seu designer líder Kimmo Wihinen que, a propósito do lançamento da nova série
T4 disse: “Desde o início, o objetivo foi a criação do trator mais atraente e mais prático do mundo. Agora, já o criámos!” A partir daqui foi “sempre a bombar” com o lançamento da nova série N4 em finais de 2015, da nova série A4 e da nova interface Smart Touch para tratores N4, T4, S4 Versu e Direct em 2017. Trata-se simplesmente da maior renovação do produto em 25 anos!

O design inovador, a facilidade de uso, o conforto de operação e o baixo custo de propriedade são os pilares deste extraordinário desenvolvimento do produto, aliados a um pragmatismo inigualável elevam o significado da palavra ergonomia a um outro nível, catapultando a Valtra para as Luzes da Ribalta do sector e colocando a marca a liderar o que de melhor existe no mercado.

Mais, a Valtra foi pioneira também na sua filosofia de trabalho, desde os princípios dos anos 2000 lançando e desenvolvendo o conceito de trator personalizado e que culminou com a
criação do estúdio de personalização “Unlimited” onde quase tudo pode ser personalizado, desde a pintura à decoração interior, passando pela montagem de equipamentos específicos para aplicações tão diversas como operações aeroportuárias, manutenção de vias, serviços florestais, aplicações militares, entre outras, tornando cada trator único.

Em Portugal

O mercado português será talvez o mais difícil para a Valtra já que todos estes maravilhosos tratores entram em escalões de potência de baixo ou muito baixo volume. Contudo, o recente lançamento da nova série A4 permite à Valtra oferecer um trator convencional competitivo nos escalões de potência que vão dos 80 hp aos 120 hp, possibilitando-lhe assim participar em 50% do mercado dos tratores convencionais (1150 tratores aproximadamente).

Para ilustrar a distribuição de volumes por escalão de potência apresentamos o gráfico referente ao ano 2017, bem como a respetiva evolução do mercado por categoria de trator de
2012 a 2017.

 

À semelhança do que aconteceu por toda a Europa, a Valtra beneficiou significativamente com este desenvolvimento, apresentando um notável crescimento de cota de mercado
precisamente nos segmentos onde estes tratores N4 e T4 entram, ou seja, acima dos 120 hp sendo que, na categoria dos tratores convencionais e na classe de potência superior a 150 hp, a Valtra aparece nas estatísticas oficiais ACAP 2017 como líder de mercado nos tratores novos.

Nada mal, para a marca que era associada apenas ao sector florestal, passar a marcar forte presença nos segmentos mais profissionais de média e alta potência.

Por: João Pimenta, Diretor da Valtrator

Pesquisa

Publicidade


Vídeos mais vistos

RECEBA A NOSSA NEWSLETTER
SIGA-NOS
Rua Nelson Pereira Neves, Lj 1 e 2
2670-338 Loures - Portugal
abolsamia@abolsamia.pt
T (+ 351) 219 830 130
abolsamia, 2018 © Todos os direitos reservados | Avisos Legais | Política de privacidade