Notícias

Empresas

Soluções IDavid para enfrentar um... Golias

25/07/2022

Aguerra virou tudo do avesso: os custos aumentaram e, com medo, as pessoas retraem-pela belga procura. O segundo semestre vai ser de muita incerteza.” João Lopes, responsável máximo da Forte (Grupo Auto-Industrial), fez, na Feira Nacional da Agricultura, uma análise ao contexto de 2022 e identificou as novas apostas para ultrapassar os atuais obstáculos. Desde logo nos equipamentos da Indústrias David, onde a Forte confia para se alavancar, segundo o gestor de vendas Bernardo Agria. “[IDavid] É uma marca com muita experiência no fabrico de intercepas e o produto já é vendido há 15/20 anos em Portugal, pois encaixa bem na parte vinhateira e pomareira, conseguindo ir do Algarve até Trás-os-Montes. Este chassis reversível com intercepas é o que mais se vende. Pode ser montado à frente, de lado e atrás do trator e equipado com faca para cortar as infestantes, rotor para esmiuçar o terreno, aiveca para desfazer os camalhões ou gadanheira para quem não faz mobilização do solo e só quer cortar as infestantes. Esta panóplia de soluções é o trunfo da IDavid”, explicou, revelando: “A IDavid desenvolveu um joystick universal e com ele é possível comandar todas as máquinas.”


Além da IDavid, Bernardo Agria chamou ainda a atenção para as enfardadeiras da McHale e os semeadores da Kverneland. No primeiro caso, a estrela é a Fusion 3 Plus, uma enfardadeira combinada, com plastificador. “Metade do mercado das enfardadeiras é nosso através da McHale e a concorrência divide-se pelos outros 50%. A Fusion 3 só tem rolo de rede, já a Fusion 3 Plus, modelo mais vendido, tem um écrã táctil, pode trabalhar com Isobus e integra sensor de humidade e balança, além de um rolo de plástico”, explicou. Na Kverneland, sobressai o Semeador de milho Optima E-Drive SX. “Falamos de um semeador Isobus com cadeiras elétricas e hipótese de colocar micro-acumulador, adubo e a semente de milho, tudo eletronicamente. Os modelos mais vendidos são os de 6 linhas.” Nos tratores, a Forte expôs os Fendt e a Sagar os Goldoni, perspetivando-se que esta última aumente a dimensão da sua gama, após efetivada a compra da empresa pela belga Keestrack, mas só em meados de 2023.

 

-ler-mais-

Pesquisa

Vídeos mais vistos