Notícias

Tractor of the Year®

Primeiro ano de Sustainable TOTY

08/08/2019

O evento "Let the Challenge Begin" realiza-se com o patrocínio oficial da marca de pneus Trelleborg e representa o ponto de partida de cada nova edição do prémio Tractor of the Year® [TOTY]. Desta vez realizado na histórica cidade de Roma, reuniu durante dois dias, a 15 e 16 de maio, os 25 membros do júri e os representantes de 12 diferentes marcas de tratores. As novidades para este ano são várias e iremos revelá-las passo a passo, à medida que formos transpondo etapas.

Modelos sob confidencialidade
Alguns dos modelos propostos ao júri estão por enquanto a coberto de confidencialidade. Isto acontece porque há lançamentos oficiais previstos apenas para a Agritechnica, e outros casos ainda em que as marcas irão organizar eventos próprios, já durante o verão, onde anteciparão as renovações de gama.

Edição inaugural do ‘Sustainable TOTY’
Qual é o trator que, considerando as suas caraterísticas e modo de trabalho, mais pode contribuir para uma agricultura sustentável? É esta a pergunta que norteará o nosso trabalho de avaliação no âmbito de uma nova categoria do TOTY que faz a sua estreia na edição deste ano.
Não sabemos como se irá concretizar esta nova etapa. Mas sabemos que corresponde a novos desafios e a um relançamento do prémio. Pela primeira vez vamos avaliar parâmetros ambientais e de sustentabilidade, porque a tendência global aponta para a necessidade de alimentar uma população em crescimento. E passamos a ter a bordo da competição três protótipos, que concorrem exclusivamente à nova distinção. Tendo em conta a seleção do júri, é quase certo que o primeiro ‘Sustainable TOTY’ não usa o diesel como fonte de propulsão. Contudo, a resposta à pergunta inicial será conhecida só na Agritechnica 2019.

Testes em Campo
Mas, antes disso, ainda vamos ter oportunidade de nos metermos ao volante dos modelos finalistas. Os eventos de teste em campo são organizados por cada fabricante e realizam-se em diferentes localizações, de norte a sul da Europa. Modelo a modelo iremos dando a conhecer as soluções que a indústria está a preparar para os anos vindouros.

 

CAMPO ABERTO
Tratores para campo aberto cuja carga máxima admissível seja superior a 8900 kg

Case IH Magnum 380 CVXDrive
Deixando de lado os Steiger e os Quadtrac, e considerando apenas os tratores de arquitetura convencional, são os Magnum que aparecem como série de topo da Case IH.
Desde o seu lançamento, em 1987, já passaram por muitos desenvolvimentos. A geração que está atualmente no mercado foi apresentada em 2014 e é agora chegada a hora de a marca lhe adicionar diversas atualizações. Os detalhes associados ao novo Magnum 380 que chegará ao mercado em 2020 serão conhecidos em setembro.


 

Claas Axion 960 TerraTrac
O conceito foi mostrado pela primeira vez na Agritechnica 2017 ainda como protótipo. Nesse certame foi galardoado pelos prémios de inovação da DLG com uma medalha de prata.
Agora, após um mais aprofundado trabalho de finalização, a marca irá colocar no mercado este Axion com rodas no eixo dianteiro e com rastos TerraTrac no eixo traseiro.
Segundo a marca, este conceito concilia as vantagens dos rastos, em termos de tração e proteção do solo, com as características de condução de um trator de arquitetura convencional. Adicionalmente, e devido a este sistema de rastos que foi desenvolvido para suportar um elevado esforço de tração, o trator passa a incluir suspensão no eixo traseiro, podendo alcançar uma velocidade máxima de 40 km/h.


 

Fendt 900 Vario
Em 2016, a Fendt lançou no mercado a série 1000 Vario, tendo então dado passos com muito significado. Por ter feito uma escalada de potência num trator de arquitetura convencional e por ter mais uma vez revolucionado a tecnologia de transmissão ao apresentar o conceito VarioDrive. Neste trator não se liga ou desliga a tração, ficando essa gestão a cargo de um sistema eletrónico. Pois bem, se tem presente o modo de funcionamento de um Fendt 1000, então já pode fazer uma ideia de como será a próxima geração 900 Vario. O modelo em concreto que é candidato em representação desta série será revelado mais tarde.


 

McCormick X7.624 VT-Drive
A próxima geração da série X7 surge com um linha de capot semelhante aos X8 e com um teto da cabine esteticamente retocado.
O X7.624 é o modelo mais potente, sendo servido por um bloco FPT NEF de 6,7 litros que fornece 240 cv de potência máxima com boost.
Equipado com uma transmissão de variação contínua de origem ZF, pode alcançar os 59 km/h de velocidade máxima e os 50 km/h a um regime económico de 1600 rpm.
Entre os opcionais, a McCormick disponibiliza o eixo dianteiro com suspensão independente. Na cabine, os interfaces de comando recebem ligeiras atualizações e a coluna de direção passa a ser ajustada através de manípulos elétricos.


Valtra N154e Versu
Na adaptação aos motores Fase V, a marca finlandesa aprimorou ainda mais os modelos da série N.
Na posição de segundo trator mais potente dentro da série (acima existe apenas o N174), este modelo N154e Versu continuará a ser propulsionado por um bloco Agco Power de 4,9 litros que alcança uma potência máxima de 165 cv com boost.
Equipa com transmissão powershift robotizada de 30 relações. Em virtude de incorporar um modo eco, permite alcançar velocidades altas de deslocação a um baixo regime do motor.
O leque de equipamentos extra é vasto, incluindo o interface de comandos SmartTouch e uma nova suspensão pneumática no eixo dianteiro.

 

MELHOR UTILITÁRIO
Tratores convencionais com potência acima de 70 cv, motor no máximo com 4 cilindros, e carga máxima até 8.900 kg

Fendt
No decorrer deste ano, a marca alemã apresentará uma novidade de peso no segmento dos tratores utilitários. Para já, fique a saber que o posto de condução vai levar uma grande volta. Mais detalhes ficam por revelar daqui por umas semanas, inclusive a designação do modelo.

Kubota M4072
Com dimensões compactas, o M4072 é um trator destinado a aplicações ligeiras, como a fenação, ou como trator principal em explorações de pequena e média dimensão.
A propulsão está a cargo de um motor Kubota de 4 cilindros, com 3331 cm³, que fornece 74 cv de potência. A transmissão é uma 36/36, com 6 relações distribuídas por 3 gamas e 2 velocidades powershift. 
Entre os opcionais para este modelo estão o elevador e a TDF frontais. Pode ainda ser configurado com carregador fornecido de fábrica pela marca.



New Holland T5.140 Dynamic Command
Como a designação T5.140 indica, a série T5 irá receber um modelo de maior potência e transmissão robotizada Dynamic Command. Mais detalhes acerca deste trator serão revelados no decorrer deste ano. 


Steyr 4130 Expert CVT
A marca austríaca está a reforçar a oferta de tratores utilitários, adicionando ao seu catálogo uma série mais sofisticada.
O Expert 4130 é o modelo mais potente desta série, estando equipado com motor FPT de 4,5 litros, que perfaz 140 cv de potência máxima.
A transmissão é de variação contínua e o pack de tecnologia é semelhante ao que o cliente encontra nas séries de maior potência. Inclui o sistema Easy-Tronic II para gestão automática de sequências nas cabeceiras.
Dispõe de um compartimento para refrigeração e o cliente pode optar por três diferentes acabamentos de banco, tanto do condutor como do passageiro.

Valtra A114 HiTech4
A transmissão Powershift HiTech4 com 16 relações veio adicionar maior conforto de utilização à série A da Valtra. Inclui funções programáveis, podendo a passagem de algumas relações ser definida para modo automático.
Este modelo A114 é propulsionado por um bloco Agco Power de 4,4 litros que perfaz 110 cv de potência.  
Por ser um modelo muito utilizado com carregador frontal, a marca concebeu um apoio de braço com joystick eletrónico que inclui 3ª e 4ª funções hidráulicas.
Dispõem de suspensão mecânica na cabine e de um painel de instrumentos mais completo comparativamente com os restantes modelos A com transmissão mecânica.

 

MELHOR ESPECIALIZADO
Tratores destinados a pomares, vinhas e zonas montanhosas

Carraro Compact V75
Para desempenho em culturas frutícolas, em vinhas e em estufas, a Carraro propõe o modelo V75. Com largura mínima a partir de apenas 1 metro e distância entre eixos de 1,8 metros, está pensado para tarefas a realizar em espaços muito apertados.
Equipa com motor Deutz de 3 cilindros, com 2200 cm³, disponibilizando 75 cv de potência. A nível de transmissão, são três as opções desenvolvidas pela própria Carraro: 12/12 com inversor sincronizado, 24/24 com inversor e Hi-Lo sincronizados, ou 24/12 com inversor e Hi-Lo eletro-hidráulicos.
Por enquanto, o V75 está disponível só em versão de plataforma com arco.




Massey Ferguson 3709 AL
A série AL (Alpine) é uma nova variante que a Massey Ferguson acrescenta aos especializados MF 3700. Composta por três modelos, é o mais potente o escolhido para candidato a Melhor Especializado.
O bloco empregue é de origem FPT, com 4 cilindros, 3400 cm³ e 95 cv de potência máxima. A transmissão é uma semi-powershift 24/12 fabricada pela Carraro, com 4 relações repartidas por 3 gamas, permitindo alcançar uma velocidade máxima de 44 km/h.
Pode equipar com elevador e TDF frontais em opção. A partir de 2020, a marca disponibilizará ainda como extra a suspensão no eixo dianteiro.
Um baixo centro de gravidade e uma generosa largura de via tornam este modelo apropriado para zonas montanhosas, como o nome Alpine indica. Fica posicionado na gama da marca entre os especializados puros e os convencionais MF 4700.  



New Holland T4.110 N
As características técnicas deste trator são de momento confidenciais. Mas tal como a designação indica, trata-se de um modelo estreito da gama de especializados T4, com um nível de potência que ultrapassa os 100 cv. As principais inovações a desvendar dizem respeito predominantemente ao conforto de operação, o que inclui a utilização de pneumáticos Trelleborg PneuTrac. 


 

Same Frutteto CVT 100 ActiveSteer
Na passada edição do TOTY, a Same saiu vencedora nesta categoria com o modelo Frutteto CVT 115 S. Volta este ano à competição com um trator ainda mais sofisticado. Cabe ao Frutteto CVT 100 ActiveSteer defender o título de Melhor Especializado.
É propulsionado por um motor FARMotion de 3 cilindros, com 2887 cm³, que perfaz 97 cv de potência máxima.
A característica mais revolucionária comportada por este modelo é o eixo traseiro direcional, que possibilita a escolha de quatro diferentes modos de direção: apenas as rodas do eixo dianteiro, viragem proporcional de ambos os eixos, viragem proporcional com atraso para que uma alfaia rebocada siga a trajetória do trator, e viragem ao estilo caranguejo. Um dado a realçar é que o modo proporcional permite uma redução significativa (28%) do raio de viragem. 
Entre o equipamento disponível está ainda a gestão de cabeceiras ComforTip e o eixo dianteiro com suspensão independente.



SUSTAINABLE TOTY
É quase certo que o primeiro ‘Sustainable TOTY’ não usa o diesel como fonte de propulsão

Fendt e100 Vario
De dimensões compactas, este trator é propulsionado por dois motores elétricos, um em cada eixo, que perfazem uma potência de 50 kW/68 cv. Para servir as alfaias, o sistema garante picos momentâneos de potência até 150 kW.
A energia é armazenada em baterias de lítio de 100 kWh que têm uma autonomia para 5 horas de trabalho. Estas podem ser recarregadas até 80% da sua capacidade em apenas 40 minutos, sendo a gestão da energia monitorizada através de uma app. O e100 Vario é compatível com alfaias convencionais ligadas à TDF e com alfaias eletrificadas.


 

New Holland Methane Concept
A propulsão a gás metano aplicada a tratores tem vindo a ser trabalhada pela New Holland desde 2013, ano em que apresentou o primeiro T6 Methane.
O Methane Concept corresponde ao estádio mais desenvolvido deste projeto, sendo propulsionado por um bloco FPT de 6 cilindros a gás que fornece 180 cv de potência. Devido ao combustível utilizado, a marca anuncia uma redução de custos operacionais de 30% comparativamente com o diesel e uma redução das emissões poluentes na ordem dos 80%.
Em parceria com a Cirrus, no SIMA 2019 a New Holland apresentou uma estação para abastecimento rápido de GNC (gás natural comprimido). Composta por reservatórios e compressor, constitui a parte logística importante para tornar este projeto viável.
O Methane Concept enquadra-se numa estratégia da New Holland que visa utilizar em máquinas agrícolas a energia proveniente de recursos existentes na exploração, como os dejetos dos animais ou as culturas energéticas.       


 

Rigitrac SKE 50 Electric
Com um motor elétrico em cada eixo, este modelo compacto da marca suíça fornece uma potência de 50 kW/68 cv e pode alcançar os 40 km/h.
A TDF tem também um motor elétrico dedicado, com 23 kW de capacidade. Este tem a particularidade de permitir dar resposta a maiores solicitações da alfaia que se concretizem em picos de potência até 35,6 kW.
O armazenamento de energia é garantido por baterias de lítio de 80 kWh que facultam uma autonomia de trabalho variável entre 3 e 6 horas. Estas podem ser recarregadas até 80% da sua capacidade em cerca de 3 horas.
A cabine apresenta dimensões generosas, incluindo assento de passageiro.



Para mais informações consulte o site do Tractor of the Year
 

Pesquisa

Vídeos mais vistos

RECEBA A NOSSA NEWSLETTER
SIGA-NOS
Rua Nelson Pereira Neves, Lj 1 e 2
2670-338 Loures - Portugal
abolsamia@abolsamia.pt
T (+ 351) 219 830 130
abolsamia, 2019 © Todos os direitos reservados | Avisos Legais | Política de privacidade