Notícias

Tractor of the Year®

New Holland T7.300 Auto Command - A pisar os calcanhares dos T7HD

20/12/2022

Tendo o New Holland T7.300 Auto Command integrado o lote de finalistas do prémio Tractor of the Year 2023, experimentámos este modelo em campo com um cultivador New Holland STX V, num evento exclusivo dedicado à equipa do TOTY que se realizou no mês de setembro, nos arredores de Bolonha, em Itália.


T7.300 no topo da série 

Até aqui constituída por quatro modelos – a T7.230, T7.245, T7.20 e T7.270 –, que se posicionam entre os T7 SWB, de distância entre eixos curta, e os T7 HD, de maior potência e com estrutura reforçada, a série T7 LWB, de distância entre eixos longa, passa a contar com mais um modelo. Este mantém as dimensões dos restantes mas disponibiliza um nível de potência superior e pode ser configurado com pneus maiores, com 2,05 m de altura.


Motor FPT Fase V

É propulsionado por um motor FPT de 6 cilindros e 6,7 litros de capacidade que alcança os 300 cv de potência máxima com boost. É estreado um novo turbo de geometria variável que favorece um maior binário a baixo regime. O intervalo de manutenção é feito a cada 750 horas. Quanto ao depósito de combustível, comporta agora 465 litros, o que representa um aumento de capacidade de 18%.


Transmissão AutoCommand

A New Holland aplicou à driveline (caixa e eixo traseiro) usada nos T7 LWB diversas alterações com um duplo objetivo: suportar mais potência e reduzir o nível de ruido. A caixa de variação contínua AutoCommand dispõe de 4 gamas e conta com a funcionalidade Intelligent Trailer Braking, que atua em situações de desaceleração quando se usa um reboque com carga, aplicando automaticamente no reboque uma travagem proporcional à redução da velocidade do trator, de modo a que o conjunto mantenha a estabilidade. Permite alcançar a velocidade máxima de 50 km/h às 1550 rpm e os 40 km/h às 1450 rpm. 



Cabine Horizon Ultra

Os T7 LWB passam a estar equipados com a mesma cabine dos T8 Genesis e dos T7 HD, e consequentemente com o mesmo ambiente de trabalho. A bordo encontramos o novo apoio de braço Side Winder Ultra que integra um joystick redesenhado e comandos com um nível de personalização superior à anterior geração.

Outro elemento de destaque é o monitor CentreView que substitui o tradicional painel de instrumentos. Na nossa opinião, é uma solução interessante pelo seu arrojo mas que obriga a desviar o olhar para baixo, ficando muito fora do campo de visão natural do condutor. A boa notícia é que segundo os técnicos da New Holland, os clientes podem optar por configurar o trator com este mesmo monitor instalado na coluna de direção, na sua posição tradicional.

Adicionalmente, a ventilação foi revista, prevendo 10 saídas em diferentes localizações e existem agora mais pontos de carregamento para dispositivos móveis e mais opções para instalar câmaras: na frente, na traseira e câmaras wireless para ângulos mortos. Um pormenor que muda é a chave. Seguindo a tendência do sector automóvel, é feito uso de um comando que desbloqueia um sistema de imobilização e que permite a abertura e fecho à distância das portas. Também a ordem de arranque do motor é agora dada por um botão Start/Stop.

Quanto à suspensão da cabine, esta foi reconfigurada, assentando agora num sistema eletro-hidráulico semi-ativo que na prática ‘desliga’ os movimentos do ‘chassis’ do trator dos movimentos da própria cabine. Conta com três níveis de amortecimento à escolha do condutor.


Hidráulico com circuito simplificado

Os distribuidores passam a estar equipados com manetes de descompressão que tornam o engate e desengate de tubagens mais fácil e mais limpo. Quanto ao circuito hidráulico, este foi simplificado, contando agora com um número de ligações que é 30% menor, o que tenderá a contribuir para uma maior fiabilidade e para intervenções de manutenção mais ágeis. 


 

Recheio de tecnologia

Os modelos desta série contam com o pacote de serviços PLM Intelligence, onde se inclui o autoguiamento IntelliSteer com precisão de 1,5 cm, e a função IntelliTurn para realização automatizada de manobras nas cabeceiras. A compatibilidade ISOBUS para controlo de secções e VRA está também prevista.

A série T7 LWB agora renovada é a primeira na New Holland a receber a certificação ISO para gestão de acessórios do trator (TIM – Tractor Implement Management), o protocolo que permite a correta comunicação entre equipamentos provenientes de diferentes fabricantes. Os T7 LWB têm ainda acesso à tecnologia IntelliField. Esta permite que até seis máquinas que trabalham no mesmo campo partilhem informações em tempo real para que cada condutor tenha a visão completa no monitor IntelliView de todo o trabalho em curso.

Por fim, destacamos a funcionalidade para controlo automático de enfardadeiras que, segundo a marca, otimiza a interação trator/enfardadeira. Especialmente pensada para o desempenho com enfardadeiras de fardos retangulares de grande dimensão, esta tecnologia faz a antecipação do momento de compressão do fardo, ajustando de forma automática vários parâmetros do trator. Segundo a marca, na prática o operador beneficia de maior conforto, uma vez que os impulsos de força sobre a cabine são reduzidos em 15%, e consegue-se um funcionamento mais suave do conjunto, verificando-se uma redução de 25% na variação do regime do motor e uma redução até 12% no consumo de combustível.

-ler-mais-

Pesquisa

Vídeos mais vistos

Vídeos mais vistos