Notícias

Produto

New Holland atualiza os especializados T3 e T4

17/12/2021

Nova geração T4 F/N/V com um novo modelo no topo da série
A nova geração de especializados T4 desdobra-se nas habituais variantes F, N e V, sendo a série constituída por cinco modelos. Parte dos 80 cv e vai até aos 118 cv fornecidos pelo T4.120, que é um novo modelo acrescentado a esta série. O modelo de entrada, o T4.80, é propulsionado por um bloco FPT de 4 cilindros, com 3,4 litros e duas válvulas por cilindro. O sistema de tratamento de gases comporta os elementos DOC+DPF, sendo dispensado o uso de AdBlue.

Os restantes modelos albergam sob o capot um bloco FPT, também de 4 cilindros mas com 3,6 litros de capacidade, e quatro válvulas por cilindro. O tratamento de gases é assegurado por um sistema Hi-eSCR2 (DOC+SCRoF) que recorre a AdBlue. Quanto ao sistema hidráulico, na geração anterior a opção de maior caudal era de 82 L/min e passa agora para os 100 L/min, o que é uma boa notícia para quem faz uso de alfaias mais exigentes.

A evolução faz-se também na cabine. A sua estrutura foi redesenhada, apresenta um piso plano e recebe alterações na instrumentação. Nas versões ROPS, de plataforma, o posto de condução também foi revisto. Apresenta mais espaço, um assento mais largo e comandos retocados. Um elemento inalterado nestes tratores produzidos na fábrica da New Holland de Jesi, em Itália, é a transmissão.

Esta mantém o escalonamento de 4 relações e 4 gamas, com inversor eletro-hidráulico em opção. A nível de conforto, a suspensão no eixo dianteiro faz igualmente parte da lista de equipamentos extra. Já a estética segue um rumo algo inesperado, com destaque para os pesos dianteiros, a assumirem um formato invulgar mas com a vantagem de interferirem menos no comprimento total do trator do que os blocos de pesos tradicionais.

New Holland T3 com motor Fase V e versão de baixo perfil
Composta por três modelos, que cobrem um segmento de potência que vai dos 55 aos 75 cv, a revista série T3 é propulsionada por um motor de 3 cilindros com 2,9 litros. Este cumpre agora a norma de emissões da Fase V, contando para tal com um sistema DOC+DPF para pós-tratamento de gases.

A juntar à atualização do elemento propulsor, a New Holland reviu ainda ligeiramente o posto de condução destes tratores que estão disponíveis nas versões de 2 e de 4 rodas motrizes. Uma novidade a assinalar é a estreia de uma nova variante de baixo perfil (LP). Os modelos T3LP (foto ao lado) apresentam maior largura de via do que os fruteiros convencionais T3F, maior altura ao solo e, em simultâneo, uma reduzida altura total. Estão pensados para trabalhar em estufas ou sob a copa das árvores, em culturas instaladas em linhas largas, tais como pomares, olivais e amendoais.

Pesquisa

Vídeos mais vistos