Notícias

Mercados

Mercado europeu de tratores cresce 12,8% em 2017

04/06/2018

O aumento nas matriculações de tratores deveu-se a um pico registado no último mês do ano. Até dezembro, havia um aumento marginal das matriculações, com as vendas a serem mais altas sobretudo devido a uma maior procura por tratores abaixo dos 50 cv, enquanto acima dos 50 cv o mercado se mantinha estável.

O pico registado em dezembro levou a um crescimento final de 38.41% nos tratores abaixo dos 50 cv e de 6.45% nos tratores acima de 50 cv.

Pico de dezembro nas matriculações causado pela legislação da UE

A principal razão para este aumento no final do ano foram os novos requisitos técnicos para tratores, que se tornaram obrigatórios para todos os tratores novos a 1 de janeiro de 2018. Estes requisitos resultaram em alterações obrigatórias em vários aspetos, como travagem e iluminação. Tratores que não cumprissem com os mesmos tinham de ser matriculados ou colocados no mercado antes dessa data.

Comparando as matriculações em diferentes segmentos de potência, é possível concluir que as vendas aumentaram em quase todos os segmentos. Apenas nos tratores entre 100 e 150 cv houve uma ligeira descida. O número de matrículas de tratores mais potentes, acima de 300 cv, manteve-se estável.

Maioria dos mercados cresceu

Quase todos os mercados de tratores nos países pertencentes ao CEMA tiveram taxas de crescimento significativas em 2017, variando entre 5.7% em Espanha e 22.9% na Dinamarca. O mercado francês foi a única exceção com uma queda de 2.2% nas matriculações de tratores.

Sem ser tido em conta o pico de dezembro, os números foram, na sua maioria, positivos. Até ao terceiro trimestre, todos os mercados CEMA - exceto o francês, alemão e austríaco -
cresceram em comparação com o ano anterior. Para a generalidade dos mercados de maquinaria agrícola - incluindo ceifeiras, pulverizadores, enfardadeiras e gadanheiras - 2017 foi um ano foi positivo.

Principais mercados

Numa análise mais detalhada, o mercado francês registou uma descida acentuada no primeiro semestre, seguida de um forte crescimento no segundo trimestre, o que permitiu aumento total do volume de negócio de 2.1%. Já o mercado alemão cresceu aproximadamente 9%, devido sobretudo ao aumento da venda de tratores.

Em Itália, o crescimento foi significativo para várias categorias de produto, já que as vendas foram particularmente encorajadas por subsídios nacionais e da UE. Também no Reino Unido a procura foi mais alta em quase todas as categorias de produto. A Holanda também teve crescimento em 2017, mas na Bélgica nas principais categorias de máquinas a procura por enfardadeiras e ceifeiras caiu, apesar de a procura por pulverizadores, ensiladoras e gadanheiras se ter mantido estável.

(Fonte: CEMA 1- *Inclui os UE28 excluindo Bulgária, Chipre, Malta e Roménia, mas contando com a Bósnia-Herzegovina, Islândia, Moldávia, Noruega, Sérvia, Montenegro e Suíça.)

Pesquisa

Publicidade


Vídeos mais vistos

RECEBA A NOSSA NEWSLETTER
SIGA-NOS
Rua Nelson Pereira Neves, Lj 1 e 2
2670-338 Loures - Portugal
abolsamia@abolsamia.pt
T (+ 351) 219 830 130
abolsamia, 2018 © Todos os direitos reservados | Avisos Legais | Política de privacidade