Notícias

Segurança

Menos mortes em acidentes com tratores em 2020

17/02/2021

Segundo dados fornecidos pela GNR, no ano de 2020 há a lamentar a perda de 44 vidas resultantes de acidentes com tratores, 16 em estrada e 38 em trabalho.
Este número revela ainda assim uma tendência positiva face aos anos mais recentes, com o número a descer de ano para ano desde 2016.
Nesse ano foram contabilizadas 71 vítimas mortais e em 2017 desceu. Os anos seguintes, 2018 e 2019, também registaram uma descida, com 59 e 54 vítimas mortais, respetivamente.
Os acidentes de trabalho (fora de estrada) são os que causam maior número de vítimas mortais e também de feridos graves. Os distritos de Bragança, Braga e Leiria foram os mais críticos.


Menos feridos graves comparativamente com 2018 e 2019
No que respeita aos acidentes dos quais resultaram feridos graves, a tendência nem sempre foi de descida. De 2016 a 2019, foram contabilizados, respetivamente os seguintes números: 70, 49, 70 e 79 feridos graves. Em 2020 este número desceu face aos dois anos anteriores, tendo sido contabilizados 63 feridos graves.
Os distritos de Castelo Branco, Coimbra, Guarda e Santarém foram os que registaram maior número de feridos graves.


GNR continua a fazer ações de sensibilização
À revista abolsamia, o Tenente-coronel João Fonseca, que chefia a Divisão de Comunicação da GNR, destacou as ações levadas a cabo por esta força de segurança.
“Atendendo ao número de acidentes que envolvem veículos agrícolas, no segundo semestre de 2020 foram desencadeadas 4.298 ações de sensibilização dirigidas a 11.484 utilizadores de tratores e máquinas agrícolas, com âmbito da operação campo seguro, com o objetivo de os aconselhar para o cumprimento das regras de segurança” adiantou.
Nestas ações foram destacados diversos conselhos, que passamos a enumerar.


Recomendações de segurança 
- Não esqueça a manutenção do veículo.
- Lembre-se que as estruturas de proteção podem evitar a morte do condutor ou reduzir a gravidade dos ferimentos.
- Utilize os acessórios de iluminação e sinalização, de acordo com a lei.
- Frequente ações de formação teóricas e práticas. Conheça os riscos da condução de tratores agrícolas e circule com segurança.
- Não conduza sob o efeito de álcool, fadiga ou com excesso de velocidade.
- Respeite os limites do trator.
- Não transporte passageiros. É proibido e perigoso.

É obrigatório circular com o arco de segurança erguido e em posição de serviço
O Tenente-coronel João Fonseca mencionou as novas orientações relativas ao uso de arco de segurança. “Sendo o capotamento a principal causa a provocar vítimas, a partir do dia 8 de janeiro, com as recentes alterações ao código da estrada, passou a ser obrigatório circular com arco de segurança erguido e em posição de serviço. Esta obrigatoriedade aplica-se aos tratores homologados com esta estrutura”.
E relembrou que há outros elementos importantes para além do arco, mencionando que é obrigatória “a utilização do cinto e demais dispositivos de segurança com que os veículos estejam equipados”.
“Além disso, os tratores e máquinas agrícolas ou florestais e as máquinas industriais estão agora obrigados a possuir avisadores luminosos especiais rotativos de cor amarela”, concluiu.

Pesquisa

Vídeos mais vistos