Notícias

Produto

Fendt desvenda gama de 2020

14/11/2019

“Para nós, a Agritechnica começa agora”. Foi assim que os responsáveis da Fendt deram início a uma apresentação internacional onde a revista abolsamia e os principais media europeus do setor estiveram presentes.
Na sua sede, em Marktoberdorf, a marca alemã mostrou que está a apostar forte no domínio da digitalização. Peter-Josef Paffen, vice-presidente e chairman da Fendt, disse que “para lá do hardware, há muito por onde evoluir”, com várias novas soluções a espelharem esta realidade.
A par da digitalização, é evidente a estratégia da Fendt em continuar num elevado patamar de referência e em assumir-se cada vez mais como um fabricante full-liner.

 

Nova geração 900 Vario ao estilo do 1000
Longe ainda de se saber que o 942 Vario seria aclamado Trator do Ano 2020, os 900 Vario entram numa nova geração em que quase tudo muda. A série é constituída por 5 modelos, cobrindo um segmento de potência entre os 296 e os 415 cv. A nível estético assume o estilo do 1000 Vario, diferenciando-se só pelo tamanho.
Na propulsão, o motor Deutz dá lugar a um bloco MAN de 6 cilindros e 9 litros de capacidade que se baseia num conceito de baixo regime. O funcionamento ao ralenti é feito a apenas 650 rpm, os 40 km/h são atingidos às 950 rpm, os 50 km/h às 1200 rpm e os 60 km/h às 1450 rpm.

A transmissão é VarioDrive, um conceito estreado no 1000 que gere de forma automática a transferência de potência entre os eixos dianteiro e traseiro.
O pack de equipamento inclui diversas ferramentas de conectividade para agricultura de precisão, com destaque para o serviço SmartConnect, que permite ligar um iPad ao terminal do trator para expandir a área de visualização.
A marca disponibiliza ainda um sistema de infoentretenimento, um sistema de mãos livres para telefonar durante o trabalho, e chave contra roubo. A mesma chave que dá acesso à ignição também fecha as portas da cabine, o capot e o depósito do combustível, dando acesso apenas ao trator para o qual está codificada.

314 Vario distinguido pelo TOTY
A série 300 Vario ganha um novo modelo de topo, o 314 Vario, distinguido pelo TOTY como o melhor utilitário. De um ponto de vista estético as diferenças não são substanciais, sobressaindo o conjunto ótico frontal como o elemento mais distintivo. 
Mas, para lá da aparência, há novidades importantes, como o boost de potência DP (DynamicPerformance) e o posto de condução baseado no conceito FendtOne.
De origem Agco Power, o bloco de 4 cilindros e 4,4 litros cumpre a Fase V e alcança os 142 cv de potência máxima sem boost. Mas graças ao novo conceito de gestão de potência DP, este modelo alcança os 152 cv.

A potência adicional de 10 cv pode ser utilizada em campo, estrada ou mesmo nas tarefas estacionárias de TDF, ao trabalhar por exemplo com cisternas de chorume ou reboques misturadores unifeed. O sistema deteta quais os componentes do trator que necessitam de potência e é para lá que canaliza um boost, não ficando este limitado a funções específicas.
Na versão de equipamento Profi+, o 314 Vario é configurado com o ambiente de trabalho FendtONE, semelhante ao que encontraremos nos 700 Vario. Neste trator, o eixo dianteiro com suspensão faz parte do equipamento de base.
A ser apresentado na Agritechnica, o 314 Vario ficará disponível para encomenda a partir de novembro.

 

700 Vario recebe atualizações 
Até os produtos que são um exemplo de sucesso vão tendo necessidade de atualizações. É o caso da série 700 Vario, a campeã de vendas da Fendt. Na passagem ao nível de emissões Fase V, a alteração de maior impacto é a estreia do posto de condução FendtOne. Estará disponível na variante com nível mais alto de equipamento e visa uma simbiose entre o software que operador tem ao seu dispor na cabine e o software que tem ao seu dispor no escritório da exploração ou em casa.
Entre os aperfeiçoamentos está ainda a conexão ISOBUS para o elevador dianteiro, o maior número de larguras de via disponíveis, e um acoplador múltiplo para a terceira válvula do carregador frontal.

 

Filosofia de operação FendtONE
A Fendt revolucionou o posto de condução das séries 300 e 700, com as maiores alterações a surgirem ao nível dos principais comandos e monitores. O joystick multifuncional para controlo da transmissão e funções hidráulicas é completamente novo, assim como os botões que o rodeiam. O operador pode ainda beneficiar de três zonas de monitorização: um mostrador digital de 9” na coluna de direção, um terminal principal de 12” no apoio de braço (pode ser dividido em 6 zonas) e, em opção, um terminal suplementar de 12” posicionado junto ao teto.

Mas o conceito FendtOne vai muito para além desta vertente física, pois tem por base a ligação do ambiente on-board (no trator) ao ambiente off-board (fora do trator). Na prática, passa a estar disponível uma plataforma externa na qual é possível fazer o planeamento e controlo de tarefas, sendo os dados depois transferidos para o trator.  
O cliente pode ainda optar por um pack opcional de infoentretenimento que inclui colunas com subwoofers e sistema de mãos livres com 8 microfones incorporados no teto.

 

Pilotagem autónoma do trator e das alfaias em vinhas   
Especificamente para o controlo de infestantes em vinhas, a Fendt e a Braun apresentam um sistema que assume o controlo do trator e das alfaias em linhas de vinha.
A busca de alternativas à utilização de herbicidas tem determinado o aparecimento de avanços na monda mecânica. Um vivo exemplo é este inovador sistema desenvolvido conjuntamente pela Fendt e pela Braun.
Tendo em conta que o trabalho com alfaias combinadas (em posição traseira e em posição ventral de ambos os lados) ao longo de filas estreitas é muito exigente para o operador, as duas marcas desenvolveram um sistema de controlo do trator e da alfaia que se aplica aos 200 Vario nas diferentes versões, V, F e P.

O Braun VPA (Assistente de Condução para Vinhas) vem possibilitar o uso de combinações complexas de alfaias, sem que o operador tenha de as controlar. O sistema assume o controlo da direção do trator e aplica continuamente às alfaias os ajustes necessários (regulação em altura e largura), consoante o ambiente de trabalho que vai encontrando pela frente, ao avançar pelas linhas.
A intervenção do operador apenas é necessária para fazer a manobra de viragem na cabeceira. Para além de contribuir para uma menor fadiga do operador, este sistema permite duplicar a velocidade de trabalho, que pode ir até cerca dos 8 km/h. 

 

Ceifeira Ideal 10 sem volante
As ceifeiras debulhadoras Fendt Ideal foram apresentadas na Agritechnica 2017 nas variantes 7, 8 e 9.
Mas está a caminho a Ideal 10 (ver mais noticiário na secção “Produto/notícias”), que será o modelo de topo da série. Destinada a grandes extensões, a performance de trabalho anunciada é 10% superior à alcançada pela Ideal 9.
Equipa com motor MAN de 16,2 litros, capaz de fornecer 790 cv de potência máxima, e a frente de corte é a condizer, podendo ir até aos 15 m de largura.

Uma total surpresa é a tecnologia IdealDrive. A coluna de direção e o volante desaparecem, sendo a máquina conduzida através de um joystick posicionado num apoio talhado para o braço esquerdo do operador. A Ideal 10 pode ser encomendada a partir de Julho de 2020, devendo chegar aos clientes a tempo da campanha de 2021.

 

Fendt Katana 650 com melhorias 
O motor Mercedes (Fase V) de 6 cilindros debita agora mais 25 cv, alcançando os 650 cv de potência. O sistema picador foi otimizado e integra novos rolos condicionadores. Na prática, a marca anuncia que o fluxo de entrada de forragem foi melhorado em 21% e que o consumo de combustível decresceu 12%. Este modelo passa a incluir o sistema de tração BalancedGrip. Ao transferir binário entre ambos os eixos, confere maior segurança ao trabalhar em terrenos inclinados.

 

-ler-mais-

Pesquisa

Vídeos mais vistos

RECEBA A NOSSA NEWSLETTER
SIGA-NOS
Rua Nelson Pereira Neves, Lj 1 e 2
2670-338 Loures - Portugal
abolsamia@abolsamia.pt
T (+ 351) 219 830 130
abolsamia, 2019 © Todos os direitos reservados | Avisos Legais | Política de privacidade