Notícias

Dias de Campo

11 tratores nos dias de campo Steyr 2019

11/11/2019

Linz, a terceira maior cidade da Áustria, fica perto de Sankt Valentin, a sede histórica da Steyr, e está rodeada de campos agrícolas. Foi numa exploração desta região, onde se produz milho para semente e também chá, que se realizaram os Steyr Field Days 2019. Um aperitivo para o regresso da marca a terras ibéricas.
Com tempo suficiente para desfrutarmos de cada um dos 11 tratores (das séries Multi (99 a 117 cv), Expert (100 a 130 cv), Profi (116 a 145cv), CVT (150 a 270 cv) e Terrus (250 a 300 cv) e das respetivas funcionalidades demonstradas na prática, conduzimos por caminhos rurais com reboques e cisternas, movimentámos estilha e fardos retangulares com carregador e fizemos uso de alfaias de preparação de solo.

 

Steyr Expert CVT entram em cena
Os novos Steyr Expert CVT foram disponibilizados pela primeira vez para experimentação. Tivemos oportunidade de os operar em transporte, trabalho de solo e com carregador frontal

Os Expert tinham sido anunciados na primavera, mas só agora foram apresentados nos Dias de Campo da Steyr como produto acabado e disponíveis para serem conduzidos. É fácil de resumir o lugar destes tratores na gama da marca: são mais pequenos do que os Profi e são mais tecnológicos do que os Multi. No fundo, são uma espécie de hibridização destas duas sérias.

Os quatro modelos (4100, 4110, 4120 e 4130 Expert) são propulsionados pelo motor FPT de 4 cilindros, com 4,5 litros, que também equipa os Profi. Este motor cumpre a Fase V e conta com sistema de pós-tratamento HI-eSCR2 que dispensa regeneração. Cobrem uma faixa de potência nominal que vai dos 100 aos 130 cv e, para cada modelo, a potência máxima é de +10 cv.

Os principais trunfos trazidos por esta série ao segmento imediatamente acima dos 100 cv são um posto de condução mais profissional, uma caixa de variação contínua (CVT) e um pack de tecnologia mais completo.
O cliente pode optar por uma cabine standard ou por uma versão de baixo perfil. Ambas contam com limpa pára-brisas de 235° de amplitude e caixa de refrigeração.

No que respeita à driveline, graças à tecnologia de dupla embraiagem, a transição entre as duas gamas mecânicas da transmissão faz-se com o trator em andamento. Os eixos são os mesmos utilizados na série Multi. 
O trator pode ser configurado com monitor tátil S-Tech 700, condução automática S-Guide, telemetria S-Fleet, gestão de cabeceiras S-Turn II e Isobus de classe III. Em termos de comandos, a Steyr disponibiliza dois níveis de especificações para apoio de braço e respetivo joystick multifunções. Entre os opcionais estão a suspensão no eixo dianteiro e na cabine.

 

4145 Profi com transmissão S-Control 8
A Steyr completou a renovação da linha Profi com o lançamento da transmissão S-Control 8 aplicada a um modelo de 6 cilindros

O 4145 Profi é propulsionado por um motor FPT de 6 cilindros, com 6,7 litros de capacidade. Debita uma potência nominal de 145 cv e uma potência máxima com boost de 175 cv.
Com 8 relações distribuídas por três grupos, a S-Control 8 é uma caixa powershift que totaliza 24 relações. Apresenta uma generosa sobreposição dos grupos, o que minimiza a transição entre grupos no decorrer do trabalho. Por exemplo, o grupo B cobre uma utilização entre os 4,3 e os 18,1 km/h sem quaisquer interrupções.

Sobretudo para transporte e trabalho com carregador frontal, a funcionalidade S-Stop II ativa a embraiagem através do travão. Ao aliviar-se o pedal de travão, o trator retoma a marcha. A merecer destaque está também a funcionalidade kick-down. Quando é necessária mais potência de forma rápida, por exemplo ao entrar numa subida, o operador pressiona a fundo o pedal de acelerador e a transmissão vai buscar a relação mais adequada.

Neste trator, o eixo dianteiro inclui suspensão, e é possível ajustar o número de voltas do volante que são necessárias para virar as rodas de um extremo ao outro. As tecnologias para agricultura de precisão, como condução automática, gestão de cabeceiras ou ISOBUS III, estão também disponíveis.

 

S-Brake garante desaceleração estável
É um sistema patenteado para equipamentos rebocados que visa tornar mais seguras as desacelerações bruscas, evitando o deslizamento e o efeito tesoura

Quando o trator se desloca engatado num reboque ou cisterna com carga, ou até mesmo numa enfardadeira, se o operador reduzir a velocidade repentinamente, ao aliviar o pé do pedal ou através do joystick multi-controller, pode acontecer que o equipamento rebocado empurre o trator, causando um efeito de deslizamento. A tempestade perfeita acontece quando se leva muita carga, em descida e com piso escorregadio.

O S-Brake não foi desenvolvido para substituir o sistema de travagem. Mas vem garantir que a travagem do reboque é ativada mesmo nas situações em que o operador não recorre ao travão para reduzir a velocidade.
O sistema analisa instantaneamente os dados do motor e o binário a que está sujeito um sensor de roda livre instalado na transmissão. Se o trator estiver a ser empurrado, calcula a força de travagem necessária para desacelerar o conjunto de forma estável. 

Caso pretenda, o operador pode desativar o sistema. No entanto, por uma questão de segurança, a velocidades acima de 35 km/h ele será sempre automaticamente ativado.
O S-Brake está disponível nas séries Profi CVT, CVT e Terrus CVT, mas a marca comunica que irá alargar esta funcionalidade a outros modelos.

-ler-mais-

 

Pesquisa

Vídeos mais vistos

RECEBA A NOSSA NEWSLETTER
SIGA-NOS
Rua Nelson Pereira Neves, Lj 1 e 2
2670-338 Loures - Portugal
abolsamia@abolsamia.pt
T (+ 351) 219 830 130
abolsamia, 2019 © Todos os direitos reservados | Avisos Legais | Política de privacidade