Notícias

Tecnologia

Empresa brasileira usa drones para contagem precisa de plantas e com baixo custo

05/07/2021

A Embrapa, empresa brasileira de pesquisa agropecuária, desenvolveu uma solução de deteção e contagem de plantas através da utilização de drones que tem apresentado resultados positivos. Trata-se de um método que alia o conhecimento profundo do terreno com a visão do terreno por computador: os testes foram realizados em plantações de milho e de frutos cítricos e se no primeiro caso foram identificadas 33.360 plantas em 224 linhas de cultivo (94% de sucesso, segundo a Embrapa), já no segundo 97 de 100 árvores foram correctamente detetadas (97% de sucesso).

Em ambos os casos, a Embrapa garante que o seu sistema permite um nível mais elevado de precisão do que a contagem visual e até do que as restantes soluções de software já existentes no mercado. 

Solução de baixo custo e previsões de colheita

Este método é efetuado através de drones equipados com câmaras RGB, uma solução de baixo custo uma vez que os aparelhos já têm este acessório incluído de raiz. "O uso de RGB reduz custos quando comparado a sensores noutras faixas do espectro de luz. Assim, o método é uma alternativa de baixo custo e viável para ser aplicado em qualquer cultura”, afirmou Lúcio Jorge, investigador da Embrapa.

Segundo a empresa criadora desta solução, devido a esta vantagem, os drones vêm substituir as lentas, trabalhosas e parciais inspeções visuais, além de que, ao contrário das práticas tradicionais, a contagem pode ser feita em cada área plantada na sua totalidade e em tempo real. São, por isso, boas notícias para os produtores: podem gerir os seus terrenos e otimizar as operações de fertilização ou proteção da cultura.

Refira-se que este projeto envolveu investigadores de 3 universidades brasileiras (Federal de Mato Grosso, Oeste Paulista e Santa Catarina), da Canadian Waterloo University e ainda especialistas da Embrapa Instrumentação.

 

Aproveite a nossa promoção e assine a revista por apenas 20€.
Válida até 15 de julho 2021.

 

Pesquisa

Vídeos mais vistos