Notícias

Curiosidades

Dois Dedos de Conversa com… Hugo Silva

13/06/2018

Onde trabalha?

AgroSilva, na ilha do Pico, Açores.

Por conta própria ou por conta de outrem?

Conta própria.

Qual é a dimensão da exploração?

70 hectares.

Qual é a atividade da exploração/ empresa?

Criação de bovinos de carne e prestação de serviços agrícolas.

Usa as redes sociais para divulgar o dia-a-dia no campo?

Sim, utilizo uma página no Facebook para que os seguidores possam acompanhar um pouco do dia-a-dia da empresa.

A sua família trabalha no campo? É daí que vem a ligação ao setor?

Sim, já são algumas as gerações da minha família que se dedicam a esta área, mais precisamente à produção de bovinos.

Com que idade se começou a interessar por máquinas agrícolas?

Desde muito cedo. Comecei por ter alguns tratores de brincar e, algum tempo depois, começo a acompanhar o meu pai regularmente nos serviços prestados.

Tem intenção de procurar outro trabalho?

Não, não me imagino a trabalhar sem ser atrás do volante de um trator.

Qual é a melhor parte de trabalhar na agricultura?

Para mim é mesmo o contacto diário com os animais e com a natureza. Ser capaz de transformar os recursos existentes, nos mais variados produtos para consumo.

Qual é a parte mais frustrante de trabalhar na agricultura?

Acho que é mesmo a falta de consideração pelos agricultores, que todos os dias trabalham arduamente para conseguirem ter produtos de qualidade e depois não são recompensados justamente por isso.

Quando está no trator, o que prefere ouvir? (o barulho do motor, música)?

Embora saiba que é importante ouvir o barulho do motor, não dispenso a música!

Gostava de trabalhar noutro ramo?

Não, sinto-me bastante bem a trabalhar nesta área.

Dar massa e limpar o filtro fica para outro dia?

Nunca! Cuidar do trator é das partes mais importantes do dia, pois se ele não estiver a 100% não estamos a tirar proveito do máximo desempenho dele.

O que é que faz quando não está a trabalhar para a exploração?

Dedico tempo à família e aos amigos. Tentando distrair-me um pouco dos problemas diários.

O que é que o faz rir?

Uma boa piada ou ouvir o que quero na altura certa.

O que é que o chateia?

Chateia-me estar ainda a meio do dia de trabalho e o trator acender a luz da reserva.

Se ganhasse a lotaria, qual seria a primeira coisa em que ia investir?

A primeira coisa que ia investir seria na renovação e modernização das máquinas da empresa.

É leitor da abolsamia? De que rúbricas?

Acompanho o trabalho da revista online, sobretudo as Provas de Campo.

Pesquisa

Publicidade


Vídeos mais vistos

RECEBA A NOSSA NEWSLETTER
SIGA-NOS
Rua Nelson Pereira Neves, Lj 1 e 2
2670-338 Loures - Portugal
abolsamia@abolsamia.pt
T (+ 351) 219 830 130
abolsamia, 2018 © Todos os direitos reservados | Avisos Legais | Política de privacidade