Notícias

Indústria

Covid-19: Construtores pedem mais tempo na transição para a Fase V de emissões

30/03/2020

Na prática, aquela associação, que agrega 11 estruturas nacionais de industriais e acolhe o comércio de peças e prestadores de serviços agrícolas e florestais, pretende mais tempo para se colocar em conformidade com a regulamentação europeia, que define o final de junho de 2020 para produzir os motores (potências inferiores a 56 kW e acima de 130kW) e o final de dezembro de 2020 para colocar as máquinas no mercado. Prazos idênticos aplicam-se em 2021 para motores com potências entre 56 e 130kW.

Alega a indústria que, de acordo com estes prazos, mas tendo em conta a atual situação, com fábricas fechadas e outras em laboração limitada para proteger a saúde dos operários, e a falta de fornecimentos externos de peças, muitos daqueles motores já construídos não poderiam ser usados. A destruição dos mesmos seria o passo seguinte, gerando um desperdício de materiais e graves danos económicos às empresas.

As empresas associadas ao CEMA são responsáveis por cerca de 900 mil postos de trabalho e geram anualmente um valor bruto de 40 mil milhões de euros.

Pesquisa

Publicidade


Vídeos mais vistos

RECEBA A NOSSA NEWSLETTER
SIGA-NOS
Rua Nelson Pereira Neves, Lj 1 e 2
2670-338 Loures - Portugal
abolsamia@abolsamia.pt
T (+ 351) 219 830 130
abolsamia, 2020 © Todos os direitos reservados | Avisos Legais | Política de privacidade