Notícias

Feiras e Eventos

Trator a metano esteve no Fundão

19/12/2022

Ainda a New Holland era Fiat e já a Adelino Lopes Nogueira & Filhos - ALN&F “vestia a camisola”, contando assim com mais de 80 anos ao serviço dos agricultores da Beira Baixa. Patrícia Mendes, gestora da empresa, recebeu-nos no stand da ALN&F na Feira de Inovação do Fundão, realizada em outubro, para uma entrevista sobre a parceria duradoura existente entre as duas empresas.

“A New Holland é um parceiro muito importante. Apoia-nos no nosso negócio e nas nossas iniciativas. Existe uma sinergia muito valiosa para ambas as empresas, pautada pela confiança”, começou por referir.

Na Cova da Beira, os fruttetos estão na dianteira

A ampla gama de tratores disponibilizada pela marca é um dos pontos fortes, no entanto, o tipo de agricultura praticada na zona faz com que os fruteiros sejam os tratores com maior procura. “Na zona da Cova da Beira, devido à quantidade de pomares, existe muito interesse nos fruteiros. Existe também um mercado considerável de tratores compactos, a gama Boomer, ao serviço de pequenos agricultores. Finalmente, temos também colocado alguns T4 e T5 em explorações de maiores dimensões”, explicou a gestora.


Proteção, conforto e precisão, requisitos do agricultor Beirão

O investimento em tecnologia e conforto para o operador não tem passado despercebido aos agricultores beirões. Prova disso é a cabine Blue Cab 4. “É bastante valorizada pelos nossos agricultores devido à proteção que lhes oferece aquando da aplicação de fitofármacos. Também existe uma grande valorização da tecnologia de agricultura de precisão por parte dos nossos clientes que têm pomares e olivais, que lhes permite alcançar maiores eficiências nos tratamentos. São tecnologias que trouxeram maior rentabilidade às explorações agrícolas e nota-se essa preocupação no momento da compra. Todos me perguntam “quanto é que vou conseguir poupar ao utilizar esta tecnologia?”, contou Patrícia Mendes à revista abolsamia.

O somatório de uma gama adaptada aos serviços agrícolas da zona e da tecnologia disponível, tem permitido à ALN&F  aumentar a quota de mercado. “Temos vindo a conquistar clientes de outras marcas. Existe uma margem de crescimento grande para a New Holland nesta zona, seja nas árvores de fruto seja nos olivais ou na vinha. A gama de oferta que temos vindo a apresentar torna-nos muito competitivos aqui”, revelou.


“Estamos num compasso de espera”

Apesar de os resultados serem satisfatórios, o contexto de instabilidade, motivado pela seca, situação geopolítica e incerteza quanto aos apoios do governo, faz adivinhar tempos desafiantes. “Vivemos um período de grande instabilidade, sendo muito complicado fazer previsões para o futuro. Existirão tempestades mas teremos de nos rejuvenescer com elas. Não diria que já sentimos uma quebra mas sim um compasso de espera. Há muita indecisão e muitas pessoas à espera de resposta relativamente aos apoios do governo. Diria que este compasso deve durar até ao final do ano, dando tempo para avaliar o contexto económico mundial e consequentes subidas de preços, etc. A verdade é que mal caiu alguma água os agricultores começaram imediatamente a semear. Estou convicta que os agricultores se vão adaptar, mas não parar”, concluiu.


New Holland T6 Methane Power

A primeira versão do trator a gás que a New Holland apresentou oficialmente em 2019 e que, entretanto, ficou disponível no mercado, foi o principal destaque do stand. Recorde-se que este é o primeiro trator do mundo de produção 100% movido a metano e foi o vencedor da primeira edição do prémio com a categoria de Trator Sustentável do Ano, no concurso Tractor of the Year® .

Equipado com o motor NEF de 6,7 litros, conta com uma transmissão Electro Command, que pode assumir 4 diferentes variantes: 16/16 de 40 km/h; 17/16 de 40 km/h Eco; 32/32 de 40 km/h e super-redutor; e 17/16 de 50 km/h.
No SIMA  2022, que decorreu em Paris, a marca apresentou o T6.180 Methane Power agora equipado com transmissão Dynamic Command. Ao motor FPT NEF de 6 cilindros propulsionado a gás natural surge associada a transmissão Dynamic Command, de dupla embraiagem, robotizada e com escalonamento 24/24, que é partilhada com os modelos a diesel das séries T6 e T5.

-ler-mais-

Pesquisa

Vídeos mais vistos

Vídeos mais vistos