Notícias

Produto

Modelos T7 LWB com melhorias

30/10/2017

Na linha T7, a New Holland disponibiliza dez modelos. Na entrada de gama, há quatro modelos com uma distância entre eixos mais curta (SWB – Short Wheel Base). E numa faixa de potência mais alta, há outros quatro modelos com uma distância entre eixos mais longa (LWB – Long Wheel Base).
No topo, a fechar a linha T7, há ainda os dois modelos Heavy Duty, a roçar os 300 cv de potência, mas estas novidades de que lhe falamos, que têm a apresentação ao público marcada para novembro, contemplam só os quatro modelos LWB: T7.230, T7.245, T7.260 e T7.270.
A alteração mais substancial passa pela inclusão de um eixo dianteiro com uma geometria redesenhada, com rolamentos dos cubos de menor fricção, e ao qual estão associadas novas funcionalidades da direção.

Suspensão TerraGlide melhorada

Este novo eixo funciona de acordo com o conceito ‘Skyhook’, que visa manter o trator nivelado independentemente das forças externas a que está sujeito. Significa isto que a suspensão é momentaneamente ‘endurecida’ por exemplo quando uma alfaia é levantada ou baixada, e quando se acelera ou quando se trava.
O sistema de suspensão conta ainda com uma nova válvula de controlo, e os acumuladores passam a ser dois em vez de apenas um. Adicionalmente, um acelerómetro, posicionado na frente do trator, ajusta continuamente o nível de amortecimento em função das vibrações verificadas no chassis.
Com esta configuração, a marca promete uma melhorada performance de suspensão quando existam variações de carga entre ambos os eixos. Na prática, a amplitude de carga sai aumentada, podendo o eixo suportar uma variação entre os 200 e os 6500 kg.

Controlo CustomSteer

Esta tecnologia permite ajustar o número de voltas do volante para chegar de ponta a ponta, fazendo variar o rácio da direção.
Torna possível definir rácios de direção menores do que o rácio standard, que é de 4.7:1. Há três configurações possíveis de rácio: 1:1, 2:1 e 3:1.
À medida que a velocidade aumenta, o rácio definido aproxima-se gradualmente do rácio standard. E quando chega aos 26 km/h, o sistema define automaticamente o rácio standard. Quando a velocidade volta a descer abaixo desse limite, o sistema volta a ativar o rácio escolhido pelo operador.

Rácios distintos para avanço e recuo

Nos tratores com monitor IntelliView IV, o tipo de ajuste é ainda mais completo, podendo-se definir um rácio para quando se avança e um rácio diferente para quando se recua. Este parâmetro pode inclusive ser programável no sistema de gestão de cabeceiras Headland Turn Sequencer II. Estabelece-se um rácio para a manobra na cabeceira e um rácio diferente para a torna. Esses rácios são ativados automaticamente no sequenciamento de ordens que esteja programado.

Regresso ao centro

Para reduzir ao mínimo as vezes que o operador tem de corrigir a trajetória, a direção conta com uma outra nova funcionalidade: após uma manobra, o volante regressa ao ‘centro’, isto é, volta à posição de avanço em linha reta.

Carga admissível

Nesta versão dos T7 para 2018, os clientes vão encontrar ainda um pequeno retoque no interior. Os mostradores do painel de instrumentos surgem estilizados com novas cores. O fundo em preto com ponteiros analógicos a azul resulta num estilo mais contemporâneo.

Site do fabricante

Pesquisa

Publicidade


Vídeos mais vistos

RECEBA A NOSSA NEWSLETTER
SIGA-NOS
Rua Nelson Pereira Neves, Lj 1 e 2
2670-338 Loures - Portugal
abolsamia@abolsamia.pt
T (+ 351) 219 830 130
abolsamia, 2018 © Todos os direitos reservados | Avisos Legais | Política de privacidade