Notícias

Empresas

FNA - Grapes’ Line 25 fiabilidade máxima, manutenção mínima

15/07/2021

O leque de escolhas da Pellenc é vasto mas foi a máquina rebocada Grapes’ Line 25 que atraiu maiores atenções: uma vindimadora com características que lhe permitem cativar o agricultor mais renitente, como nos explicou Gil Grilo, responsável comercial da Pellenc. A principal vantagem desta máquina “é fazer descargas a 3 metros de altura, sendo das poucas do mercado que descarrega mais alto do que muitas automotrizes.”

Conhecedor profundo de todas as funções da Grapes’ Line, Gil Grilo não teve dúvidas em afirmar que esta vindimadora pode funcionar como um íman de vendas na zona onde a primeira seja entregue. “Para clientes que fazem até 150 ou 170 hectares, a máquina tem tração, consegue subir inclinações de 35% e até mais, trabalha com um sistema de potenciómetro, que lhe permite perceber se precisa de empurrar ou segurar o conjunto [trabalha com tratores a partir de 75cv], dependendo da inclinação em que se encontra. Tem dois depósito de 1.500 litros e é uma máquina totalmente mecânica: fiabilidade máxima, manutenção mínima. Quando se vende uma máquina destas, é fácil de vender logo outra na mesma zona”, contou o responsável comercial da Pellenc no nosso País.

A Grapes’ Line 25 - que conta ainda com vários extras como amortecedores de poste ou luzes de trabalho, entre outros - oferece ainda a possibilidade ao agricultor de poder pré-definir as características que pretende quando vindima, ajustando as funções da máquina ao trabalho que quer executar.
 

EasySmart l20
Tudo regulado num écrã digital touch
A vindimadora automotriz Easy Smart L20 da Pellenc, apresenta-se como uma máquina totalmente automática. “Todas as suas funções podem ser reguladas num tablet, num écrã digital touch: velocidade de tapetes, quantidade e amplitude das sacudidas pelos sacudidores, velocidade dos ventiladores e tantas outras”, explica Gil Grilo.

 

Vender o ideal para a filosofia do cliente
A lógica é clara: enquadrar a venda de uma máquina nas necessidades reais do cliente. “Dentro das máquinas, temos de olhar para várias características de forma a perceber o que melhor se aplica ao cliente, para lhe vender o que ele precisa”, explica Gil Grilo, que já vendeu máquinas a clientes diferentes das que este pensava precisar: “Claro! Não me adianta só acumular vendas mas sim vender o que é o ideal para a filosofia do cliente.”

 

Acessórios para serem usados por todos e em qualquer cenário
Entre tesouras para vinha, atadoras com bateria independente, eletrosserras, varejadoras, roçadoras ou vários tipos de bateria, o destaque vai para a bateria Alpha: “Anexada às roçadoras, tem 4 horas efetivas de autonomia, pesa 4kgs e pouco, quando o normal das outras máquinas é 10kgs, o que cansa muito o operador. E a Alpha é silenciosa, podendo ser utilizada em qualquer local, ao contrário das que têm motor”, explica Gil Grilo.

 

- Leia mais - 

 

Aproveite a nossa promoção e assine a revista por apenas 20€.
Válida até 20 de julho 2021.

Pesquisa

Vídeos mais vistos