PUBLICIDADE
artigos/media/3261/image_gallery/2.jpg
    2
16-05-2017

2017 com sinais positivos
Fonte: Barómetro agrícola CEMA


O mercado de máquinas agrícolas europeias voltará a crescer este ano mas ainda com grandes assimetrias entre países.

 

O Barómetro agrícola CEMA publicado hoje dá conta de que o mercado europeu de máquinas agrícolas deverá voltar a crescer em 2017. As expectativas de vendas para a maioria dos países europeus são cautelosamente positivas, uma vez que o Barómetro de Negócio da CEMA continua a aumentar continuamente desde 2012, tendo atingido o seu valor mais alto este mês de maio.

Apesar do clima positivo da indústria, o mercado europeu de tratores ainda diminuiu ligeiramente durante o primeiro trimestre de 2017, ainda que apenas em apenas -1,3%.
Enquanto a procura de tratores para o primeiro trimestre cresceu na Bélgica (+ 4,9%), na Dinamarca (+ 12,6%) na Alemanha (+ 5,7%), em Itália (+ 13,8%) e em Espanha (+ 22,3%) e do Reino Unido (+ 26,4%) — comparativamente com o primeiro trimestre do ano passado —, diminuiu na Áustria (-10,3%), nos Países Baixos (-2,3%) e em França (-25,9%). Dada a dimensão do mercado francês, foi devido à quebra acentuada do mercado em França que o mercado europeu total de tratores permaneceu negativo no primeiro trimestre.

Como tendência geral, as vendas de tratores abaixo de 50 cv e as vendas de tratores acima de 150 cv estão a aumentar, enquanto a procura para a maioria das categorias no meio é fraca.

A procura por enfardadeiras, gadanheiras, pulverizadores, ceifeiras debulhadoras e automotrizes forrageiras também deverá diminuir em 2017, segundo especialistas económicos das associações nacionais membros do CEMA.

 

 

PERSPECTIVA MISTA EM TODA A EUROPA

Para os dois maiores mercados da Europa, França e Alemanha, as perspetivas gerais para maquinaria agrícola permanecem algo misturadas. Em França, o mercado foi -8% menor em 2016 em comparação com 2015. Para o primeiro semestre de 2017 espera-se que esta tendência vai continuar a um ritmo semelhante. O único mercado de máquinas que parece escapar da tendência negativa é o das automotrizes forrageiras.

Na Alemanha, o mercado de máquinas agrícolas sofreu uma queda de -5% em 2016. No entanto, agora parece estar a melhorar lentamente com um pequeno aumento esperado para 2017. Esperam-se aumentos especialmente nas automotrizes forrageiras e nas enfardadeiras.

O mercado de máquinas agrícolas em Itália mostra um declínio constante desde 2012, com nova quebra de -3,7% em 2016. Em 2017, o mercado deverá encolher novamente em -2,2%. A razão principal é a taxa de substituição lenta de tratores devido aos baixos rendimentos dos agricultores.

Como aconteceu em 2016, espera-se que o mercado em Espanha volte a crescer em 2017. Esperam-se taxas de crescimento mais elevadas para pulverizadores, alfaias para mobilização de solo, semeadores e plantadores. Prevê-se que o mercado espanhol de tratores e reboques agrícolas cresça a um ritmo inferior.

Como esperado, a decisão Brexit teve um certo impacto no mercado do Reino Unido. Enquanto o enfraquecimento da libra melhorou a posição financeira dos agricultores do Reino Unido, tornou a maquinaria importada mais cara. Em 2017 espera-se um encolhimento do mercado de máquinas agrícolas após um declínio de -2% em 2016. O mercado de tratores deve crescer novamente.

Nos Países Baixos, os tratores e pulverizadores são os tipos de máquinas cuja procura deverá ser inferior em 2017 em relação a 2016. Para os tratores, esta é uma continuação da tendência dos últimos anos. Para gadanheiras, enfardadeiras, ceifeiras-debulhadoras e forrageiras um pequeno aumento da procura é esperado. Globalmente, o mercado holandês provavelmente permanecerá estável.

O mercado na Bélgica diminuiu em 2016, e está previsto um mercado estável para 2017. A procura de tratores diminuiu -3% e deverá cair em cerca de 10% este ano. A maioria dos outros tipos de máquinas experimentou um pequeno declínio em 2016 e espera-se que continue a diminuir ou que, na melhor das hipóteses, permaneça estável em 2017. A única exceção é o mercado de ceifeiras debulhadoras que cresce ligeiramente.

Na Áustria, o mercado de máquinas agrícolas aumentou + 5,4% em 2016.

 

 

PERSPECTIVAS DE NEGÓCIOS UM POUCO MAIS POSITIVAS

Em geral, as perspectivas de negócios são um pouco mais positivas para os mercados externos (fora do descrito acima). Espera-se que isso aumente a produção em vários países, apesar da fraca procura doméstica. Isso também explica o clima cada vez mais positivo entre os fabricantes que respondem à pesquisa mensal do Barômetro de Negócios da CEMA.

O Barómetro mostra claramente expectativas crescentes dos negócios para os próximos meses. Considerando que em outubro de 2016 a maioria das empresas esperava um mercado retraído ou estável nos próximos seis meses, uma maioria de 53% agora espera que a sua faturação aumente nos próximos seis meses.